Boa Esporte 1 x 4 Chapecoense

Mesmo viajando mais de 26 horas, a Chapecoense teve uma estreia dos sonhos na Série B do Campeonato Brasileiro. Jogando a segunda divisão pela primeira vez na história, o time catarinense goleou o Boa Esporte, por 4 a 1, na noite desta sexta-feira, no Estádio Dilzon Melo, em Varginha, e começou a competição com o pé direito.

O time catarinense, ainda, foi o único time a vencer na abertura da primeira rodada e, com isso, assumiu a liderança do torneio, enquanto o Boa Esporte caiu para o último lugar.

A Chapecoense saiu de Santa Catarina na última quarta-feira e passou 26 horas na estrada com passagens por Curitiba e São Paulo antes de chegar a Varginha.

O jogo

Mais "experiente" que o rival na competição, o Boa Esporte começou em cima, ditando o ritmo do jogo. A primeira boa chance foi criada logo aos seis minutos. Juba aproveitou sobra pela direita e bateu forte. A bola passou perto e balançou a rede pelo lado de fora.

O tempo foi passando e a Chapecoense entrando no jogo e se soltando. O time catarinense, aos poucos, foi chegando no campo de ataque e começando a leva perigo ao goleiro Jonatas. na primeira chance criada, Augusto quase marcou.

Com muita dificuldade para ficar com a bola no pé, o Boa Esporte ficou dependente do meia Marcelinho Paraíba, que não conseguia mais organizar o Boa e levava perigo apenas nas jogadas de bola parada. Controlando a partida e o adversário, a Chape conseguiu abrir o placar.

Aos 32 minutos, o lateral Fabiano fez grande jogada pelo lado do campo e cruzou rasteiro. O segundo pau, Bruno Rangel pareceu livre e, de carrinho, conseguiu empurrar para o fundo das redes. Por pouco, porém, os donos da casa não levam a partida empatada para os vestiários.

Após cobrança de escanteio, a bola ficou viva dentro da área. No bate-rebate, Airton bateu forte e o goleiro Nivaldo conseguiu evitar o gol com uma defesa em cima da linha. No segundo tempo, as chances de empate do Boa Esporte foram por água abaixo no primeiro minuto.

Virou goleada

Sem deixar o adversário tocar na bola depois de dar o pontapé inicial, a Chapecoense chegou com perigo em finalização de Bruno Rangel que parou na defesa de Jonatas. O próprio atacante ficou com a sobra e rolou para trás, onde estava Alan, que chegou batendo e ampliou o marcador.

Com a desvantagem de dois gols, o time mineiro foi para cima e deixou espaço na defesa. Aos oito minutos, a Chapecoense conseguiu confirmar a vitóra. Após cobrança de escanteio, Wanderson se antecipou ao goleiro e cabeceou firme para o fundo das redes.

Mesmo com a larga desvantagem, o Boa Esporte não desistiu e começou o bombardeio, lançando bola na área do adversário. Marcelo Macedo teve a oportunidade mais clara, mas, livre de marcação, testou para fora, perdendo grande chance. A pequena reação não adiantou nada, pois a Chapecoense conseguiu ampliar.

Aos 23 minutos, Bruno Rangel mostrou o velho faro de gol e deu leve desvio em cobrança de falta de Athos suficiente para vencer o goleiro Jonatas, que marcou bobeira na jogada. Cinco minutos depois, veio o gol de honra. Em cima da linha, Fernando Karanga desviou cruzamento de Airton e anotou o gol dos minutos.

Próximos jogos

Os dois times volta a campo na próxima terça-feira quando a Série B terá rodada completa. A Chapecoense recebe o Oeste no Estádio Colosso da Lagoa, em Erechim, já que o time de Chapecó cumpre suspensão de dois mandos de campo, imposta pelo STJD, por problemas na temporada de 2012. O Boa Esporte visita o Bragantino, no interior de São Paulo. As duas partidas acontecerão às 21h50.