Boa Esporte 1 x 1 Atlético-GO - Um resultado justo

Um resultado justo. É assim que pode ser definido o empate entre Boa Esporte e Atlético-GO, por 1 a 1, em partida realizada na tarde de sábado, no Estádio Dilzon Melo, em Varginha, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Cada time dominou um tempo e perderam boas chances de estrearem com o pé direito. A Rádio Melodia, de Varginha, trouxe tudo deste movimentado jogo.

Como a partida terminou sem vencedor, Boa Esporte e Atlético-GO estão na zona intermediária da tabela, com um ponto. Até o momento, apenas o Paraná conquistou três pontos, restando dois jogos para o fim da primeira rodada. Lembrando que o jogo entre Joinville e Portuguesa foi suspenso por ordem judicial.

Tudo igual

Na base do contra-ataque, fórmula que deu certo nos últimos anos, o Boa Esporte levou perigo aos três minutos, quando Nilson recebeu passe de Fernando Karanga e na hora da finalização foi travado por Lino. A bola sobrou novamente para o atacante, que chutou e, com o goleiro batido, a zaga afastou. Na sequência, Márcio saiu fechando muito bem o ângulo e defendeu o chute de Nilson.

Melhor em campo, o Boa abriu o placar aos 18 minutos, após mais uma participação de Nilson. O atacante passou para Marinho Donizete dentro da área e o lateral teve tempo de dominar antes de chutar na saída de Márcio. A alegria, porém, durou apenas até os 25. Juninho foi até a linha de fundo e cruzou na segunda trave. Júnior Viçosa ajeitou de cabeça para dentro da área e Jorginho completou de carrinho.

E a virada goiana quase veio na sequência. Juninho fez grande jogada individual, passou por dois marcadores e finalizou para grande defesa de Leandro. Na sequência, Thiago Carvalho aliviou o perigo. Já aos 45 minutos do primeiro tempo, Nilson recebeu dentro da área e finalizou rasteiro, exigindo grande defesa de Márcio, que garantiu o empate atleticano.

Só deu Dragão

Diferente do primeiro tempo, o Atlético-GO iniciou a etapa final pressionando o adversário, tanto que criou duas boas chances antes dos dez minutos. Na primeira, Wagner Carioca arriscou e Leandro espalmou para escanteio. Logo depois, o meia cobrou falta com categoria por cima da barreira e a bola passou raspando a trave do goleiro, que apenas observou.

Após boa tabela com Juninho, Júnior Viçosa pegou de primeira e isolou a bola, desperdiçando grande oportunidade. Aos 18, Wagner Carioca cobrou mais uma falta precisa e Leandro defendeu em dois tempos. A torcida boveta já começava a perder a paciência com alguns jogadores e o principal alvo era o atacante Fernando Karanga, que não conseguia ganhar uma da zaga adversária.

Aos 25, Juninho chutou colocado e a bola explodiu no travessão de Leandro, já batido no lance. A partida caiu de ritmo e foi ganhar emoção apenas aos 41 minutos. Juninho recebeu dentro da área e chutou para boa defesa do goleiro boveta. O rebote ficou com Júnior Viçosa, que soltou a bomba. Quase em cima da linha, Leandro operou mais um milagre.

Próximos jogos

Os dois times voltam a campo no próximo sábado, pela segunda rodada. O Boa Esporte enfrenta o ABC, às 21 horas, no Estádio Iberezão, em Santa Cruz. Em Goiânia, o Atlético recebe a Ponte Preta, às 16h20, no Serra Dourada.

 Futebol Interior