Curso de Letras do Grupo Unis recebe nota máxima do MEC

O curso de Licenciatura em Letras- Português do Centro Universitário do Sul de Minas obteve nota máxima (5) em avaliação do Ministério da Educação e Cultura (MEC). As categorias avaliadas foram: Corpo Docente e Tutorial, Organização Didático-Pedagógica e Infraestrutura. Na média das avaliações in loco, realizadas no começo deste semestre letivo, o curso recebeu reconhecimento considerado “Excelente”.

A finalidade do curso é a formação do docente atendendo os imperativos de qualidade técnica, intelectual, política e social, tendo como princípios norteadores: a construção de conhecimentos teóricos sólidos embasados em uma dimensão humanística, orientada para a formação da cidadania com respeito aos valores éticos. O principal campo de trabalho do profissional é o magistério no Ensino Fundamental (6º ao 9º ano) e Ensino Médio. Também pode atuar na revisão de textos para a averiguação do uso correto da língua Portuguesa em editoras, jornais, bancos e qualquer estabelecimento que trabalhe com a palavra escrita.

Trata-se de um curso de Educação a Distância (EAD), com uma carga horária de 2.800 horas distribuídas em seis semestres.  Durante o curso, os alunos participam de diversas atividades, tais como: oficinas, palestras, cursos de extensão, atividades de Iniciação Científica, Projetos de Responsabilidade Social (arrecadação de livros, alimentos e brinquedos), Concurso de Microcontos, Varal de poesia, entre outras.

De acordo com a coordenadora do curso Profa. Carina Adriele Duarte de Melo, doutoranda em Ciências da Linguagem, o curso de Licenciatura em Letras do Grupo Educacional Unis tem caminhado em sintonia com suas necessidades específicas e também com o cenário institucional, além de estar sob a concepção original de um curso interativo via internet e adequado às diretrizes curriculares nacionais. O que garante e comprova mais uma vez, a excelência do Grupo como um todo.

A Educação a distância do Grupo Unis torna-se, desse modo, uma possibilidade de democratização do acesso à educação. E havendo demanda por educação, há decorrente procura pelo profissional docente.