Governador Alberto Pinto Coelho anuncia novo secretariado

Recém-empossado como governador de Minas, Alberto Pinto Coelho anunciou, em entrevista coletiva na manhã deste sábado, a formação do seu novo secretariado. Das 17 pastas, nove permanecem com os seus respectivos titulares e oito terão novos ocupantes. Foram nomeados ainda seis novos dirigentes de órgãos e instituições estaduais.

Duas das mais cobiçadas secretarias de estado foram entregues pelo governador a aliados mais próximos. As pastas de Transportes e Obras Públicas e de Saúde ficam respectivamente com Fabrício Torres Sampaio, adjunto da secretaria, e José Geraldo de Oliveira Prado, atual secretário-geral da Mesa da Assembleia Legislativa.

Entre os secretários que permanecem estão Danilo de Castro (Governo), Leonardo Colombini (Fazenda), Renata Vilhena (Planejamento), Ana Lúcia Gazolla (Educação) e Rômulo Ferraz (Defesa Social).

O Comandante-geral da Polícia Militar, coronel Márcio Sant’Ana, segue na função, enquanto o delegado Oliveira Santiago Maciel, que ocupava o cargo de chefe do Departamento de Trânsito (Detran-MG), vai para o comando da Polícia Civil no lugar do delegado Cylton Melo.

Os novos secretários novos são: secretário de Estado de Saúde, José Geraldo de Oliveira Prado; secretário de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social, Eduardo Prates Octaviani Bernis; secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Rogério Nery de Siqueira Silva; secretário de Estado de Desenvolvimento Regional, Política Urbana e Gestão Metropolitana, Alencar Santos Viana Filho; secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento: André Luiz Coelho Merlo; secretário de Estado de Transportes e Obras Públicas; Fabrício Torres Sampaio; secretário de Estado de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas Gerais; Raimundo Benoni Franco; e secretário Geral da Governadoria, Custódio Antônio de Mattos.

O governador explicou como foi feita a indicação dos novos secretários. "A formação de governo não é uma escolha de ordem pessoal. É a busca da competência e do espírito público. Guiado por esses princípios e ouvindo os partidos que compõem a aliança do governo, é que buscamos a nova formação de governo". Por ora, segundo Alberto Pinto Coelho, não há previsão de mudanças no comando de autarquias, fundações e empresas estatais.

Coelho tomou posse na sexta-feira, em substituição a Antonio Anastasia (PSDB). O tucano renunciou e deverá ser candidato ao Senado em outubro.


Veja como ficou a composição do governo

1 - Secretário de Estado de Governo: Danilo de Castro

2 - Secretária de Estado de Casa Civil e de Relações Institucionais: Maria Coeli Simões Pires

3 - Secretária de Estado de Planejamento e Gestão: Renata Maria Paes de Vilhena

4 - Secretário de Estado de Fazenda: Leonardo Maurício Colombini Lima

5 - Secretário de Estado de Defesa Social: Rômulo de Carvalho Ferraz

6 - Secretário de Estado de Saúde: José Geraldo de Oliveira Prado substitui Alexandre Silveira

7 - Secretário de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social: Eduardo Prates substitui Cássio Soares

8 - Secretária de Estado de Educação: Ana Lúcia Almeida Gazzola

9 - Secretária de Estado de Cultura: Eliane Denise Parreiras Oliveira

10. Secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior: Nárcio Rodrigues da Silveira

11 - Secretário de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável: Alceu José Torres Marques substitui o secretário Adriano Magalhães

12 - Secretário de Estado de Turismo e Esportes: Tiago Nascimento de Lacerda

13 - Secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico: Rogério Nery de Siqueira Silva substitui Dorothea Fonseca Furquim Werneck

14 - Secretário de Estado de Desenvolvimento Regional, Política Urbana e Gestão Metropolitana: Alencar Santos Viana Filho assume no lugar de Bilac Pinto Neto

15 - Secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento: André Luiz Coelho Merlo substitui Zé Silva

16 - Secretário de Estado de Transportes e Obras Públicas: Fabrício Torres Sampaio substitui Carlos Melles

17 - Secretário de Estado de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas Gerais: Raimundo Benoni Franco

Órgãos e instituições

1 - Secretário Geral da Governadoria: Custódio Antônio de Mattos substitui Gustavo de Castro Magalhães

2 - Advogado Geral do Estado: Roney Luiz Torres Alves da Silva substitui Marco Antônio Romanelli

3 - Controlador Geral do Estado: Júlio César Santos Esteves substitui Plínio Salgado

4 - Diretor–presidente do Escritório de Prioridades Estratégicas: André Victor Santos Barrence

5 - Chefe da Polícia Civil: delegado Oliveira Santiago Maciel substitui o delegado Cylton Brandão da Mata

6 - Comandante do Corpo de Bombeiros Militar: coronel Ivan Gamaliel Pinto entra no lugar do coronel Sílvio Antônio de Oliveira Melo

7 - Chefe do Gabinete Militar: coronel Alex de Melo substitui o coronel Luis Carlos Dias Martins

8 - Comandante-geral da Polícia Militar de Minas Gerais: coronel Márcio Sant’Ana