Insônia: confira 8 dicas para driblar o problema

Como se não bastasse não conseguir dormir, quem sofre de insonia também é acometido pela ansiedade, o que deixa o organismo ainda mais em alerta durante a noite. Para amenizar o problema, o site Huffington Post reuniu 8 dicas que propiciam o relaxamento na hora de ir para a cama e, com sorte, ajudam a pegar no sono com mais facilidade.

1. Saia da cama
Quando você permanece acordado na cama, envia para si mesmo a mensagem errada. Segundo Harneet Walia, médico do Cleveland Clinic's Sleep Disorders Center, afirma que, dessa forma, o corpo fica condicionado a deitar e não dormir. Se você não consegue adormecer em um período de 15 a 20 minutos, saia do quarto e tente fazer algo relaxante, e não estimulante. Ouvir música, ler um livro ou tomar um banho podem ser boas opções.

2. Pratique ioga ou medite
A pesquisadora Catherine Kerr explica que uma maneira simples de relaxar é por meio da respiração. Observe a ascensão e queda de sua respiração e concentre-se nas partes do corpo em que você sente as inspirações e expirações lentas, seja nos pulmões, abdômen ou na ponta do seu nariz.

3. Tente outras técnicas de relaxamento
Uma boa ideia é o relaxamento progressivo dos músculos. Trabalhe desde os dedos dos pés até a testa, tensionando cada grupo muscular por cinco segundos, depois relaxe. Ou tente técnicas de distração mental, como imaginar você mesmo em algum lugar prazeroso e calmo. Se fixar na falta de sono apenas piora a situação.

4. Alivie a ansiedade
Algumas vezes, a insônia evolui para a preocupação. Você começa a pensar em contas e reuniões enquanto deveria estar dormindo. Tente treinar o cérebro para pensar sobre estas ansiedades em horários mais apropriados. Quando as preocupações aparecerem à noite, tente algumas técnicas de relaxamento.

5. Não olhe para o relógio
Uma ansiedade comum quando falta o sono é saber que já são altas horas e que você deveria estar dormindo. O estresse e a frustração aumentam à medida em que você percebe que tem que sair para trabalhar em menos de duas ou três horas. A dica dos especialistas é livrar-se das pistas sobre o tempo – vire todos os relógios para a parede e evite conferir as horas.

6. Use medicação com precaução
Os especialistas não recomendam o uso de medicação como primeira alternativa contra a insônia. Mas, se você precisar usar, lembre-se que ficará sonolento. Por isso, não deve tomar muito perto da hora em que mais precisa estar acordado.

7. Perto da hora de dormir, “limpe-se”
Desenvolva um calendário do sono com horários consistentes para ir para a cama. Desligue os aparelhos eletrônicos bem antes de se deitar e garanta que o quarto esteja escuro e fresco. O consumo de cafeína, bebida alcoólica e alguns alimentos também podem causar estragos no sono.

8. Considere ir ao médico
Se sua insônia é frequente e prejudica o seu comportamento durante o dia, visite um médico. Se você começa a ficar preocupado com o sono já durante o dia, provavelmente é a hora de procurar orientação.