Taça da Copa chega ao Brasil para turnê de 41 dias

Depois de passar por 89 países ao longo de 225 dias, a taça da Copa do Mundo da Fifa chegou ao Brasil nesta segunda-feira à noite. O desembarque ocorreu no Rio. Até o dia primeiro de junho, o troféu passará por 27 estados do País, além do Distrito Federal. Esta é a primeira vez que a taça vai percorrer todas as capitais de um país-sede da Copa do Mundo.

A turnê brasileira começará nesta terça-feira, no Rio, palco da final do Mundial de 2014. O término da exposição do objeto ocorrerá em São Paulo, sede da abertura da competição. No total, serão 41 dias de viagem.

O roteiro ao redor do mundo incluiu países campeões mundiais, além de destinos como Fiji e Vanuatu, na Oceania, Tailândia, na Ásia, e Tanzânia, na África. Um avião especialmente decorado e mobiliado transporta o valioso objeto. Uma equipe de 18 pessoas acompanha o troféu nas viagens.

Do Maracanã, o Tour da Taça da Copa do Mundo vai para Porto Alegre, onde ficará em exposição nos dias 26 e 27. Depois, será a vez dos habitantes de Belo Horizonte, Salvador, Cuiabá e Curitiba. A passagem será rápida: a maioria das cidades terá o objeto à disposição por apenas um dia. Estima-se que cerca de um milhão de brasileiros terão oportunidade de ver de perto o troféu. Em cada cidade, cerca de 20 mil pessoas por dia passarão pelo evento. A programação inclui, além da visita ao icônico troféu e foto, apresentações de música e dança.

O primeiro tour do troféu da Copa ocorreu em 2006 e visitou 31 cidades de 28 países entre os dias 7 de janeiro e 10 de abril daquele ano. A jornada de três meses começou na capital de Gana, Acra, e terminou em Roma, na Itália, depois de passar por lugares como Rio, Cidade do México, Los Angeles, Tóquio, Pequim e Londres, para citar alguns.

A segunda edição do evento global passou por 130 cidades em 84 nações, das quais 50 na África, a fim de celebrar a primeira Copa do Mundo disputada em solo africano. Entre setembro de 2009 e maio de 2010, o tour visitou países como Ucrânia, Nova Zelândia, Cazaquistão, Grécia e Venezuela.