Boa Esporte 2 x 1 Portuguesa - Lusa leva no fim

Em meio a indefinição sobre o seu futuro - o julgamento que pode até mesmo definir sua exclusão acontece nesta quarta-feira -, a Portuguesa continua sem vencer no Campeonato Brasileiro da Série B. Na noite desta terça, o time foi até Varginha e perdeu para o Boa Esporte, por 2 a 1, no Estádio Dilzon Melo, na abertura da quarta rodada.

O gol de Nilson aos 48 minutos do segundo tempo garantiu a primeira vitória do Boa Esporte, que chegou aos quatro pontos e subiu para a 11ª colocação. Enquanto isso, a Portuguesa estacionou nos dois e caiu para a zona de rebaixamento, em 17º lugar. O time paulista tem um jogo a menos que os demais, pois abandonou a partida diante do Joinville, na primeira rodada da Série B.

Gol no finalzinho

Apesar de ter mais posse de bola que a Portuguesa, o Boa Esporte abusava dos passes errados, principalmente no meio-campo, e não conseguia criar lances de perigo. Tanto que a primeira oportunidade foi da Lusa, aos sete minutos. Gabriel Xavier cobrou falta por cima da barreira e Emerson fez grande defesa, espalmando pela linha de fundo. Após escanteio, Wagner cabeceou nas mãos do goleiro.

A primeira finalização do Boa veio aos 15, quando Marcão arriscou de fora da área e mandou para muito longe. Na sequência, Pedrinho soltou a bomba e exigiu boa defesa de Gledson, que espalmou para escanteio. O jogo era bastante equilibrado e truncado no meio-campo. Thiago Carvalho saiu jogando errado, Romão ficou com a bola e bateu forte. Emerson defendeu com segurança.

O Boa Esporte continuava tendo mais posse de bola e também abusando dos passes errados. Pedrinho cobrou falta e a bola passou por cima do travessão de Gledson. Os zagueiros bovetas ficaram pedindo o cruzamento. Aos 41, após bate e rebate dentro da área, Marcão ficou a sobra e bateu para fora. O time mineiro abriu o placar no último lance do primeiro tempo. Pedrinho soltou a bomba de fora da área, a bola desviou no meio do caminho e entrou no ângulo.

Emoção no final

O Boa Esporte voltou do intervalo em cima e precisou de apenas quatro minutos para finalizar pela primeira vez na etapa final. Pedrinho cruzou e Betinho não acertou em cheio o voleio, mandando nas mãos de Gledson. Na sequência, Fernando Karanga recebeu dentro da área e chutou para defesa segura do goleiro. A resposta da Lusa veio em finalização de Coutinho, por cima do gol.

Aos 23 minutos, Wagner aproveitou cobrança de escanteio e cabeceou no cantinho de Emerson, que foi buscar sem dar rebote. Na sequência, Laércio recebeu lançamento e arriscou de longa distância. A bola tinha endereço certo, mas o goleiro boveta fez boa defesa. Aos 30, Nilson tabelou com Fernando Karanga e chutou. Gledson espalmou nos pés de Marinho Donizete, que bateu em cima do zagueiro.

Na base do abafa, a Portuguesa conseguiu o empate aos 40 minutos. Rondinelly arriscou de fora da área, Emerson espalmou para dentro da área e Allan Dias apenas completou. Quando parecia que a partida terminaria empatada, o Boa Esporte marcou o gol da vitória aos 48. Moisés cobrou falta e Nilson cabeceou no canto de Gledson.

Próximos jogos

Os dois times voltam a campo apenas no dia 17 de maio, pela quinta rodada. O Boa Esporte encara o Paraná, às 16h20, no Estádio Durival de Britto, em Curitiba. No mesmo horário, caso não seja excluída no julgamento desta quarta-feira, a Portuguesa recebe o América-RN, no Canindé, em São Paulo.


Agência Futebol Interior