LATIMOS ~ Coluna ArteNoMovimento

Olá amigos de Varginha! Tudo bem? Em breve, o meu livro O Evangelho das Ruas estará disponível aí na Livraria da Cultura, localizada na Rua Delfim Moreira 641, no centro de Varginha. Nas próximas semanas, eu passo mais detalhes.

Agora vamos viajar numa história que criei inspirada na realidade de um amigo, que vive sozinho com seu cachorro há mais de 10 anos.

Um cachorro late e Barney resmunga!

 - As nuvens do capitalismo vedaram os antigos e essenciais conceitos que movem a sociedade nos trilhos da dignidade. Agora a vida está banalizada ou será que sempre esteve…

Com fome, o cachorro segue feroz pronunciando seu protesto e Barney, corroído pelo cansaço, nem percebe e também segue latindo:

- Conviver superou incertezas e sonhos. Vivemos no drama do medo, das crianças bombas. Não há mais aquele brilho. Poucos querem amar, poucos valorizam a paz sem custo. Grito porque estou dentro do problema, como elemento provisório de uma sociedade que a cada dia mais idolatra o consumo, os deuses instantâneos. Sei que o meu cachorro não vai entender...

Uma batida na porta encerra o pensamento social de Barney. Dona Estela não suportou o barulho do cachorro e decidiu levar um pouco de arroz com frango, ainda do Domingo de Páscoa. A comida deu paz ao cão, mas não ao seu dono, que seguiu questionando o mundo em busca de novas respostas...

- Pode o homem mudar o que não passou, mas já está escrito? O dilema do destino também é um voto. Mais gostoso que muitas urnas. Cão, cão, você está bem ou sua fome é a minha fome?

A noite caiu rapidamente e essa conversa sinistra foi captada pelas lentes de um jornalista quase imperceptível. Até a próxima.


Marcelo Andrade é jornalista na produtoramc, autor do livro O Evangelho das Ruas e editor de conteúdo no Projeto ArtenoMovimento.