Para comemorar o dia dos namorados, dez suaves gotas de amor

1.Quando você abre o coração para conquistar alguém que vai segui-lo na longa jornada da vida, os deuses do amor conspiram ao seu favor!

2.A alma que não viveu o amor, e o corpo que não sentiu o fogo da paixão, nunca vai entender qual é a fundamental essência da vida!

3.Ao enfrentar dilemas e privações e vencê-los, o casal torna a união mais sólida e mais afetiva. Não fugir do barco, remar e vencer a borrasca, é o que faz dos navegantes parceiros inseparáveis para sempre!

4.Amar restitui a alegria. O desamor nos leva por veredas da tristeza, encurta nossas noites, aflige nossos dias. Amar nos recompõe o equilíbrio, nos eleva o astral e nos permite encontrar a paz em nós mesmos!

5.É coisa normal para o odioso praticar o ódio, assim como é para o amoroso praticar o amor. No entanto, como um turbilhão o odioso causará estragos, mas passará fugaz; o amoroso, como tênue brisa ficará, construindo boas obras por longo e longo tempo!

6.Crises entre quadro paredes? Use o dom da paciência. Se, dia a dia, cada qual ceder um centímetro, em breve tempo a crise estará porta afora!

7.Desejos em simetria, pensamentos uníssonos, ações coordenadas, direcionadas ao mesmo alvo: eis a diferença entre um casal de sucesso e um casal comum!

8.Mesmo quando nervoso, trate bem a pessoa amada, sem ironia. ‘Amor’, ‘Querida’, ‘Meu bem’, são tratativas dóceis que atenuam o momento. Use-as e suavize sua relação, tornando-a forte e longeva.

9.A aliança, símbolo de um casal, mais que o valor do metal, revela o valor da união, do poder de transformar em uma, duas vidas. Quanto mais velha a aliança, tanto maior a certeza de um casamento que deu certo.

10.Em brigas de amor, o perdão é um selo apaziguador quando expressa, pela boca, o arrependimento que vem do coração!


Inácio Dantas
(do livro “Dicas para um bom relacionamento no amor”, Editora Paulus).