Integrantes do MST invadem agência da Cemig no Centro de Varginha


Assentados do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) no Sul de Minas invadiram a agência da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), no Centro de Varginha, na manhã desta quinta-feira (24). O grupo reivindica energia elétrica para cerca de 60 famílias que estão nos três assentamentos da região. Cerca de 150 moradores invadiram o local.

A invasão faz parte de um movimento estadual para cobrar eletricidade nos assentamentos. Segundo os moradores, pelo menos 60 famílias no Sul de Minas vivem sem energia elétrica. Um dos assentados, Sebastião Mélia Marques, diz que enfrenta dificuldades no cultivo e manejo do gado. "Eu estou há 17 anos nesse assentamento e mais da metade dos assentados ainda não tem energia em casa, e muitos mexem com gado, não pode ter nada elétrico para cultivo de hortas. Ter energia em casa significa poder ter uma geladeira."

Mesmo com o prédio tomado, a Cemig não interrompeu os atendimentos à população durante a manhã. A Polícia Militar foi chamada e acompanhou de perto o movimento, que ocorreu de forma pacífica. A assessoria de imprensa da Cemig disse que por enquanto não vai se manifestar sobre o assunto.