2 milhões de segurados do INSS precisam renovar senha nos bancos

- Em Minas, são mais de 237 mil beneficiários - 

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) informa que, dos 31,1 milhões de benefícios ativos, 29 milhões já realizaram a renovação de senha/comprovação de vida. Até agosto de 2014, dois milhões de beneficiários ainda não compareceram aos bancos pagadores de seu benefício – desse montante, 237 mil estão em Minas Gerais, o que corresponde a 6,7% do total de 3,5 milhões de benefícios que o INSS paga no estado.

As instituições financeiras pagadoras de benefícios têm até o dia 31 de dezembro de 2014 para finalizar a comprovação de vida e renovação de senha de beneficiários do INSS que recebem seus benefícios por meio de conta corrente, conta poupança ou cartão magnético. Os segurados que não realizarem a prova de vida terão o benefício suspenso até que seja feita a renovação da senha.

Como fazer - Para realizar a comprovação de vida e renovação de senha, o segurado deve ir até à agência bancária, levando um documento de identificação com foto (carteira de identidade, carteira de trabalho ou carteira de habilitação). Algumas instituições financeiras que possuem sistemas de biometria estão utilizando essa tecnologia.

Os beneficiários que não puderem ir até às agências bancárias por motivos de doença ou dificuldade de locomoção, podem realizar a prova de vida por meio de um procurador devidamente cadastrado no INSS. Os segurados que residem no exterior também podem realizar a prova de vida por meio de um procurador cadastrado no INSS ou por meio de documento de prova de vida emitido por consulado.

A renovação de senha/comprovação de vida é obrigatória e deve acontecer anualmente.  As instituições financeiras pagadoras de benefícios estão realizando esse procedimento desde maio de 2012.  Como processo está sendo realizado, o INSS prorrogou o prazo até dezembro deste ano para as instituições bancárias concluírem o trabalho.

A renovação de senha/comprovação de vida obrigatória, que acontece anualmente, teve o prazo prorrogado para que as instituições bancárias pudessem concluir o processo que foi iniciado em maio de 2012. Portanto, quem já compareceu à agência bancária, desde que o recadastramento começou, não precisa realizar outra prova de vida. Os bancos estão informando os beneficiários por meio de mensagens disponibilizadas nos meios eletrônicos de relacionamento com seus clientes.


Esclarecimentos sobre a Prova de Vida do INSS:

1) O que significa o recadastramento dos aposentados? Ele oferece vantagens? Quais e por quê?
 O recadastramento consiste na comprovação de vida/renovação de senha junto à rede bancária, para dar mais segurança ao cidadão, evitando pagamento de benefícios indevidos e fraudes.

2) Como funciona o recadastramento e por que é necessário?
 O segurado deve ir à agência do seu banco, onde habitualmente recebe o pagamento do seu benefício, e renovar sua senha. É necessário para comprovar que está vivo. Não há necessidade de ir até uma Agência da Previdência Social.

3) Quais documentos são necessários para a renovação de senha/comprovação de vida?
 Documento de identificação com foto e de fé pública (ex: Carteira de identidade, Carteira de trabalho, CNH, entre outros)

4) A renovação de senha/comprovação de vida também pode ser feita por procuração?
 Sim, desde que o procurador tenha sido previamente nomeado pelo INSS.

5) Se o aposentado não puder ir até a agência por motivo de doença ou por problemas de locomoção, como a renovação de senha/comprovação de vida será feita?

Em caso de impossibilidade do beneficiário, o procedimento poderá ser realizado por procurador devidamente cadastrado no INSS ou representante legal. Neste caso, o procurador deverá comparecer a uma Agência da Previdência Social (APS), munido de procuração registrada em cartório (caso o beneficiário não possa comparecer) e apresentar o atestado médico que comprove a impossibilidade de locomoção do beneficiário, além dos documentos de identificação do procurador.

6) A renovação de senha pode ser feita por biometria?
 O uso de biometria é facultativo. Os bancos que possuírem essa tecnologia podem utilizá-la.

7) As datas previstas para o recadastramento são as mesmas para todo mundo? Como isso funciona? Os aposentados são avisados?
Sim. O prazo para o comparecimento das pessoas que ainda não fizeram a renovação de senha/comprovação de vida termina em 31 de dezembro de 2014. Os bancos são os responsáveis pela divulgação e convocação dos segurados.

8) O que acontece caso o recadastramento não seja feito?
 O pagamento do benefício será suspenso até que o segurado faça a renovação da senha/comprovação de vida.

9) Todos os aposentados podem se recadastrar?
 Sim. A renovação de senha deve ser feita pelos segurados que recebem o pagamento do benefício por meio de conta corrente, conta poupança ou cartão magnético. Para regularizar a situação, basta ir a uma agência bancária e solicitar a renovação da senha.

10) Se o beneficiário perder o prazo, o que deve fazer para regularizar a situação e voltar a receber o benefício?
 Para regularizar a situação, basta ir a uma agência bancária e solicitar a renovação da senha.


Nilmara Carla Pereira
Assessoria de Comunicação Social
Superintendência Regional do INSS Sudeste II