Falta de iluminação em ruas provoca reclamações em Varginha


A falta de lâmpadas e postes em Varginha tem preocupado os moradores. Nos bairros, a situação é tão crítica que muitas ruas estão às escuras, mas o problema existe também no centro. Em frente à Concha Acústica, por exemplo, lâmpadas estão queimadas há, pelo menos, dois meses. A companhia de energia elértica que atua na cidade, Cemig, informou que parte da iluminação será restabelecida a partir da semana que vem.

Apenas nos bairros Resende e Rio Verde 2, os moradores apontam a existência de seis postes com lâmpadas queimadas. "Passar em um local, desse jeito, escuro dá uma sensação de insegurança, o medo é maior", diz a professora Sandra Moreira.

O vigilante Valdir da Silva conta que, no bairro Rio Verde 2, o ponto de parada do transporte público é um dos locais mais escuros e diz que já não sabe mais a quem recorrer. "Já pagamos taxa de iluminação pública. Isso não é de graça", reclama.

Segundo a empresa, há 35 registros de reclamações por falta de lâmpada em Varginha. Elas serão trocadas na próxima semana. A Cemig também informou que fez um acordo com a prefeitura para providenciar mais postes para melhorar a iluminação pública ainda neste ano.