PM age rápido e prende autores de tentado de homicídio

Em Varginha, ontem à noite (03), a Polícia Militar socorreu homem ferido, apreendeu duas armas de fogo e prendeu autores reincidentes em diversas práticas delituosas.

Por volta das 23 horas, a Polícia Militar foi acionada através do 190, onde foi informada que três homens estariam efetuando disparos de arma de fogo no bairro Padre Vitor. Imediatamente a PM se dirigiu à Rua Coqueiral, no referido bairro, onde deparou com um homem de 27 anos, conhecido como “Nene Galinha”, o qual já possui diversas passagens pela Polícia, caído no chão com alguns ferimentos. A vítima foi rapidamente socorrida e permaneceu no hospital sob cuidados médicos.

De posse de informações sobre o fato, a equipe policial iniciou rastreamento pelos autores do tentado de homicídio, vindo a localizar em pouco tempo o veículo utilizado no crime, ocupado por três pessoas, um rapaz de 32, envolvido no crime, e duas mulheres, de 31 e 28 anos, cúmplices da ação. Ao ser questionado sobre o fato, o homem informou a localização do proprietário do veículo e também envolvido na ação delituosa, J.R.C. de 43 anos. A PM então se dirigiu ao Bairro Cruzeiro do Sul, onde obteve êxito em localizar J.R.C. que foi abordado, e com ele foram apreendidos uma bolsa com documentos dos ocupantes que estavam no veículo, R$ 620,00 em dinheiro, dois aparelhos celulares e uma pedra de crack.

Posteriormente, a PM localizou no bairro Padre Vitor outro envolvido no crime, D.C.N., de 20 anos, acompanhado de um rapaz de 23 anos, sendo ambos abordados e submetidos à busca pessoal. D.C.N confessou a participação na ação, e na residência onde estavam os militares localizaram as duas armas utilizadas no delito, um revólver calibre .32 e uma garrucha. No local também foram apreendidas várias munições, 1 balança de precisão e 1 pedra bruta de crack, pesando aproximadamente 85 gramas.


O último envolvido, conhecido como “Toquinho”, não foi encontrado, mas o rastreamento continua no intuito de localizá-lo. Os autores, que possuem diversas passagens pela Polícia por agressão, lesão corporal, receptação, tráfico de drogas, entre outros, foram presos e conduzidos, assim como os materiais apreendidos, à Delegacia de Polícia Civil, onde permaneceram à disposição do Delegado para demais providências.