Vereadores vão ao Dnit e ajudam a resolver problema de erosão na BR-491


Quem passar pela BR 491, próximo ao trevo que liga Varginha a Elói Mendes vai perceber a movimentação de máquinas e trabalhadores no local. É que começou a obra para consertar a cratera que estava formada há bastante tempo às margens da rodovia.

O início da obra teve influência direta dos vereadores Henrique Lemes e Rogério Bueno que estiveram, em 16 de junho deste ano, na sede do Dnit – Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte – de Pouso Alegre e, em seguida, no dia 27 de junho, no Dnit de Belo Horizonte. “Fomos buscar explicação para essa demora e tentar saber se podíamos, de alguma forma, ajudar a resolver o problema”, explicou o vereador Henrique Lemes.

Em Pouso Alegre, os vereadores se reuniram com a engenheira Lídia Biaso Bacha Martins. “Naquela oportunidade ela nos explicou que já havia sido feita a licitação para a realização da obra e o que faltava era a assinatura da ordem de serviço, que precisava ser realizada pelo próprio Dnit, mas de Belo Horizonte. Outra pendência a ser resolvida ficava a cargo da Cemig, que precisava fazer a remoção de postes para que fosse realizada a obra”, explicou o vereador Rogério Bueno.

Munidos desta informação, Rogério e Henrique foram a Belo Horizonte e conversaram com o diretor geral do Dnit que prometeu resolver os problemas que impediam que a obra se iniciasse o mais breve possível. Agora se vê os resultados desse importante trabalho, que beneficia diretamente milhares de pessoas que passam pelo local diariamente e que estavam correndo sérios riscos.

 Na oportunidade, os vereadores aproveitaram para discutir outras demandas importantes na área do trânsito de Varginha que são o intenso fluxo de veículos no trevo de acesso a Elói Mendes, principalmente nos horários de pico, a melhoria do acesso à Cidade Universitária do Unis e também o problema do congestionamento que é formado principalmente na região que interliga a Rodovia do Contorno e Avenida Princesa do Sul.