Comunicado Fundação Cultural de Varginha

O cidadão evoluiu a sociedade avançou. O cidadão almeja ter acesso aos bens culturais, deseja usufruir da sociedade do conhecimento, sonha em integrar o universo das modernas tecnologias, exige participar da economia da cultura e obter oportunidades de trabalho e renda com o seu talento e com a sua criatividade. A política pública de cultura está alicerçada nestes princípios e nestas diretrizes.  Face o exposto, vimos informar que a Fundação Cultural do Município de Varginha aplicou, está aplicando e aplicará o dinheiro do contribuinte nos seguintes projetos e serviços, de 01/07 a 31/12/2014:

REVITALIZAÇÃO DO THEATRO MUNICIPAL CAPITÓLIO

a) - Pagamento dos honorários do Engenheiro Civil Willian Pressato Faustino para elaboração do Projeto de Drenagem das Águas Pluviais, que antecede a recomposição das calhas e de parte do teto de gesso, o que evitará que aconteça novamente a tragédia que se abateu sobre o nosso mais importante patrimônio cultural.
b) - Restauração total, plena e completa das instalações do setor administrativo, restituindo ao Theatro o espaço de gestão e o almoxarifado.
c) - Remuneração dos serviços de recomposição das calhas, com base no Projeto de Drenagem, e que se encontra em fase conclusiva do processo licitatório .
d) - Cobertura da ala esquerda do Theatro para dar mais proteção e conforto aos artistas e grupos artísticos no acesso aos camarins.
e) - Restauração e afinação do piano.
f) - Reposição de 50% dos tacos dos pisos térreo e superior do Theatro Capitólio.

TV PRINCESA

a) - Transposição do Sistema Analógico para o Sistema Digital, com a aquisição de 02 Ilhas de Edição e 02 Câmeras (kit completo), tecnologia de ponta, equipamentos que serão entregues no dia 30 do corrente mês, assinalando novos e auspiciosos tempos para a TV Princesa. Vale destacar que a nossa TV Princesa ingressará na “era digital” antes da Rede Minas, da qual é afiliada.

RÁDIO MELODIA

a) - Recuperação e manutenção plena, total e completa do principal transmissor da emissora, que há anos não passava por esses serviços essenciais.

ESTAÇÃO FERROVIÁRIA

a) - Pintura geral do imóvel; conserto geral do teto com a eliminação de goteiras; recuperação e revitalização das instalações interiores com implantação de divisórias, aquisição de móveis e resgate das condições de trabalho dos servidores dos órgãos do Sistema Municipal de Cultura.

CASA DA CULTURA

a) - Na Galeria de Exposições (sala multiuso) foi instalado o painel canaletado, o suporte aéreo e o datashow e a televisão led, o que permitirá a utilização do espaço para exposições artísticas e oficinas.
b) - Custeio de lanches, materiais didáticos, tintas e pincéis, etc., para a realização de 15 Oficinas de artesanato, música, pintura, teatro e contação de histórias para alunos  de escolas da rede pública estadual e municipal, complementando a educação em tempo integral das escolas participantes.

PROJETO ESTRUTURANTE DE ECONOMIA CRIATIVA

A Fundação Cultural do Município de Varginha investirá significativamente (já está em processo licitatório) na organização, implantação e realização da Feira Natalina de Economia Criativa, empreendimento este que assinalará a concretização da sustentabilidade do Projeto Estruturante de Economia Criativa, inserindo na economia da cultura os artesãos e os artistas que vivem do seu talento e da sua criatividade. Segundo a Secretaria de Estado da Cultura e a Secretaria Nacional de Economia Criativa (MINC) este é o mais exitoso projeto no setor no Estado de Minas Gerais, o que contribuirá para a implantação do Banco Comunitário de Microcrédito, através do BNDES, e que significará a carta de alforria do empreendedor cultural e dos nossos artesãos.

INVESTIMENTOS ADICIONAIS

a) - Estamos investindo na Exposição de Presépios e Oratórios, que será realizada no Foyer Aurélia Rubião, durante o mês de dezembro, resgatando o espírito de solidariedade, fraternidade e cultura da paz, que deve perpassar os tempos do Natal.
b) - Vamos investir na vinda da ORQUESTRA SINFÔNICA DE RIBEIRÃO e o seu CORAL LÍRICO, que apresentarão dois concertos de gala no Theatro Capitólio, nos dias 13 e 14 de dezembro, abrindo a programação oficial do Natal, com telão Led e 400 cadeiras na rua, em frente ao Theatro, ou seja, dois espaços privilegiados para a nossa população usufruir destes concertos memoráveis.

Este Comunicado faz parte do compromisso dos Gestores da Fundação Cultural com a ética,  transparência,  respeito e a seriedade que a cultura merece.


Prof. Francisco Graça de Moura
Diretor Superintendente