Multas por ultrapassagem proibida e racha ficam 10 vezes mais caras

A partir de novembro as multas para quem fizer ultrapassagem indevida ou participar de competições sem autorização, como os rachas, ficam mais caras.

A imprudência na ultrapassagem, por exemplo, que antes gerava uma multa de  R$ 191,54  agora passa a valer R$ 1.915,40  mais a suspensão do direito de dirigir. Se o motorista tiver cometido a mesma infração em menos de 12 meses, o valor da multa é dobrado.

A colisão frontal entre veículos, fruto muitas vezes de ultrapassagens indevidas, representou, entre janeiro e setembro deste ano, três por cento dos acidentes de trânsito. Até setembro, duas mil e sessenta e sete pessoas morreram por causa disso, sendo o acidente que mais causa mortes nas estradas.

Além das ultrapassagens forçadas, outras infrações também vão ter punições mais rigorosas a partir de sábado, como: disputar “rachas”, promover ou participar de competições não autorizadas e fazer manobras perigosas.

Já os motoristas alcoolizados ou sob efeito de drogas que causarem a morte de alguém, agora podem ser condenados a cumpri pena de dois a quatro anos de reclusão.