Quinze “dicas” para você se relacionar melhor

1-Viva num Éden de harmonia e longevidade. Seja pequeno para os litígios, grande para a conciliação, gigante para a paz!

2-Releve quem duvidar ou descrer das suas palavras quando disser verdades. Não crie polêmicas, não rivalize. Perdoe quem assim pensar. Lembre-se que até as palavras de Cristo foram alvo de dúvidas e descrenças.

3-Cuidado: Quando o sucesso sobe à cabeça, os pés perdem o contato com o chão.

4-Se você estiver com pessoas erradas no lugar errado poderá ser penalizado pelo que não fez. Por isso, precavenha-se e faça as escolhas certas. Estar em bons lugares, com boas amizades, é um bilhete seguro para momentos felizes.

5-Acenda as luzes do otimismo, ligue as setas do entusiasmo e dirija seu corpo em segurança pelas amplas estradas da vida, rumo a um destino de paz, realizações e felicidade.

6-Ao conversar com alguém irado, conduza a conversa de forma equilibrada e tranquilizadora. Conversar acirradamente faz macular a boca e ferir os ouvidos.

7-A ninguém é dado o poder da premonição, de antever o que lhe reserva o dia de amanhã. Em verdade, se alguém conseguisse ver o que há de acontecer em seguida, poderia amealhar todas as riquezas da terra e até postergar a própria morte. “O homem não conhece o futuro. Quem lhe poderia dizer o que há de acontecer em seguida?” (Ecl. 10:14)

8-Não fale a esmo. Reflita bem antes de falar sobre um assunto importante ou terá de volta o silêncio das suas palavras.

9-As relações entre pais e filhos não devem ser alvo de divisão, uma vez que são partes de um mesmo corpo. Assim, o pai que engana o filho engana a si mesmo; e o filho que rouba o pai desfalca o próprio bolso.

10-Nunca desista diante de uma tentativa fracassada. Fazê-lo é jamais ver brilhar o ouro da vitória!

11-Analise bem a postura das pessoas que lhe apresentam propostas mirabolantes. Para os loucos, o que eles falam e fazem são atitudes plenamente normais.

12-Ao pressentir que seus amigos se distanciaram, busque a razão. Talvez seu pensar não seja o que eles pensam ou o que você se acha ser não seja o que eles acham. Pare, faça uma autoanálise. Reflita, reforme-se e reaproxime-os.

13-Faça-se incorruptível. Vista o broquel da licitude e a adaga da corrupção não a transpassará. Se sentir fraquejar, peça a Deus para fortalecê-lo e não deixá-lo contrair essa chaga incurável.
14-Você concorda com algo que outro discorda, e vice-versa? Em verdade, divergir é próprio do mundo democrático. Você achará pessoas que pensam igual e outras, diferente. Contudo, é imprescindível que a conciliação das diferenças sejam breves para que os embatem não sejam eternos.

15-Se do vulcão saem lavas, o que sairá de um coração odioso? Pense bem antes de pensar mal. O ódio é como a impureza no oxigênio. Ao entrar no corpo debilita-o, enfraquece-o e o leva à morte.


Inácio Dantas
(do livro © “300 Sugestões para você se relacionar melhor”)