Câmara apoia a construção de fossas ecológicas na zona rural


A Emater –Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural – promoveu na tarde de ontem (26), na Igreja São Judas Tadeu, da Fazenda Vista Alegre, uma demonstração de como se implantar fossas ecológicas na zona rural.

O presidente da Câmara Municipal de Varginha, vereador Rômulo Azevedo Ribeiro, esteve no local e parabenizou os produtores rurais que estavam acompanhando o evento. “A atitude de vocês hoje merece muitos elogios. É importante saber que vocês estão preocupados com a preservação ambiental e ao implantar uma fossa dessas na propriedade de vocês, não estão contribuindo apenas para resolver um problema local, mas impedindo a contaminação do lençol freático, fazendo com que a água que chega às nossas casas, na zona urbana, esteja limpa. Parabéns por terem atitude tão nobre de preocuparem com o planeta e com o próximo”, disse o presidente.

A tecnologia da fossa ecológica foi desenvolvida pela Emater/Varginha e já está presente em 100% das residências da comunidade rural dos Martins. “A nossa expectativa agora, com essa demonstração, é que a comunidade aqui da região da Fazenda Vista Alegre apoie essa ideia e também possamos implantar a fossa ecológica em todas as casas da comunidade, acabando com a prática de despejar o esgoto no Ribeirão Santana”, explicou o extensionista da Emater/Varginha, Luiz Geraldo Rezende Reis.

Fossa Ecológica

A construção da fossa ecológica é fácil e de baixo custo. Ela deve ter 1 metro de profundidade, por aproximadamente 2 metros de largura. O comprimento é determinado de acordo com a quantidade de pessoas que residem no imóvel. Se são duas pessoas, 2 metros de comprimento, 3 pessoas, 3 metros de comprimento e assim por diante.

Após cavar a fossa, impermeabiliza-se o local com uma camada de cimento, evitando que os dejetos entrem em contato com o solo e contaminem o lençol freático.

Após cimentar, são colocados brita, areia, entulhos, e forma-se um túnel com pneus usados. A fermentação da matéria orgânica acontece dentro desse túnel e é anaeróbia (sem oxigênio).

Em cima da fossa fica um espaço livre, com a terra de boa qualidade para poder ornamentar com plantas. Um exemplo muito utilizado na comunidade dos Martins é o plantio de copo de leite em cima das fossas ecológicas.

Quem tiver interesse em mais informações sobre a fossa ecológica desenvolvida pela Emater. Só entrar em contato com escritório de Varginha com José do Socorro e Luiz Geraldo. O telefone é o 3221-1743.