Escola do Legislativo da Câmara de Varginha será inaugurada nesta sexta

A Escola do Legislativo Professor Dr. Mário Vani Bemfica, da Câmara Municipal de Varginha, será inaugurada na próxima sexta-feira (8). A solenidade de inauguração será no Plenário Dr. Jacy de Figueiredo e começa às 19h.

Foram confirmadas as presenças do Professor Antônio José Barbosa e do presidente da Abel- Associação Brasileira de Escolas do Legislativo – Florian Madruga.

O Professor Antônio José fará a palestra inaugural da Escola, com o tema “História do Parlamento Brasileiro”. Ele tem graduação, mestrado e doutorado em História e é Consultor Legislativo aposentado do Senado Federal. Também atua como professor no Departamento de História da Universidade de Brasília e ministra aulas de História do Parlamento e História Política do Brasil em cursos de pós-graduação. “Esta palestra magna é de suma importância para iniciarmos as atividades da escola, pois é através da compreensão do passado e da formação do Legislativo, que descobrimos onde estamos e, com isso, podemos buscar novos paradigmas para um legislativo forte, popular e cidadão, objetivo principal da Escola”, explica o secretário-geral da Câmara e diretor da Escola do Legislativo, Robson Almeida.

De acordo com o presidente da Câmara Municipal de Varginha, vereador Rômulo Azevedo Ribeiro, a inauguração da escola é uma conquista para toda a população. “Um dos principais objetivos da Escola do Legislativo Professor Dr. Mário Vani Bemfica é oferecer a toda comunidade varginhense a oportunidade de ter uma formação cidadã. Será um espaço aberto para debates, cursos, palestras e outras iniciativas que terão como tema: política, ética e cidadania. Será um verdadeiro local de participação do povo na política”, disse Rômulo.

A Escola do Legislativo também oferecerá capacitação para os servidores e agentes políticos, sempre com o objetivo de melhorar os serviços prestados à população e também com a intenção de potencializar o processo político no Município. “Queremos que a Escola funcione como um instrumento de aproximação com o cidadão. Dessa maneira vamos conseguir fortalecer o processo legislativo e a democracia”, conclui o presidente da Câmara.