Iniciou a 5ª Jornada Mineira do Patrimônio Cultural


A Jornada Mineira do Patrimônio Cultural é um projeto desenvolvido pela Secretaria de Estado de Cultura de Minas Gerais, por meio do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais - IEPHA/MG e tem por finalidade mobilizar municípios, entidades e agentes culturais em torno do objetivo de estimular e desenvolver atividades que sensibilizem a sociedade para a promoção, valorização e preservação do patrimônio cultural.

Nesta 5ª Jornada Mineira do Patrimônio Cultural, a intenção é valorizar e marcar, de forma significativa e para sempre, a importância cultural que esse bem imaterial, a Folia de Reis, representa para a cidade.

Hoje pela manhã, no Foyer do Theatro Municipal Capitólio, ocorreu a abertura da Jornada, com a presença de diversas autoridades, como o Prefeito Antônio Silva, vereadores, secretários de governo, além de jornalistas, empresários, servidores municipais e membros das cias de reis.
Durante o evento foi lançada oficialmente a cartilha “No Caminho de Reis: entre cores e cantos”, um resgate único na cidade até o presente momento, no qual está impressa a compreensão dos rituais, das simbologias e das crenças que permeiam as Companhias de Reis.

Entre hoje e o dia 25 de setembro, no Foyer Aurélia Rubião, do Theatro Municipal Capitólio, acontecerá uma exposição, mostando a riqueza dessa manifestação, que passa por diversos caminhos baseados na fé.

Na quinta feira, dia 24 de setembro, a partir das 14h, na Casa da Cultura, terá início a segunda parte desta Jornada Mineira do Patrimônio Cultural, com o Seminário “Folia de Reis: patrimônio imaterial”, com o folclorista Odair Lemes, seguido de exibição do documentário que irá mostrar a dinâmica das Companhias de Reis e depoimentos de integrantes. Às 15h30, integrantes da Companhia de Reis São Marcos irão se apresentar no pátio da Casa da Cultura e, nos dias 24 e 25, no Cine Master, haverão projeções de um documentário sobre as Companhias de Reis, antes das sessões dos filmes.