Varginha se destaca como a 3ª melhor cidade de Minas para se viver


Levantamento tem como base dados da ONU, levando em consideração questões como educação, renda e expectativa de vida, segundo o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) das cidades brasileiras.

Dentre as 530 melhores cidades para se viver no Brasil, segundo dados da ONU, estão 10 municípios do Sul de Mina. Destas, Varginha ficou em 3º lugar entre as melhores cidades de Minas Gerais para se viver e 145º no Brasil, com 0,778 de IDHM, 0,76, de renda, 0,875, de longevidade e 0,707 em Educação.  Na sua frente ficaram Itajubá, em primeiro lugar em Minas e 85º no Brasil, e Poços de Caldas em 2º lugar em Minas e 141º no Brasil. Pouso Alegre apareceu na quinta colocação em Minas e 185º no Brasil.

O estudo levou em consideração questões como educação, renda e expectativa de vida, segundo Índice de Desenvolvimento Humano Municipal, divulgado pelo PNUD, órgão das Nações Unidade em parceria com Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) e a Fundação João Pinheiro.

O indicador, que vai de 0 a 1 – e quanto mais próximo de 1, melhor – é semelhante ao famoso IDH calculado para os países do globo, mas algumas adaptações metodológicas foram feitas para os dados brasileiros. Por isso, segundo o PNUD, não é possível comparar os números de países inteiros às cidades brasileiras. A média do Brasil hoje é de 0,727. O IDH não mede exatamente qualidade de vida. Embora, claro, municípios com elevados índices de educação, longeva expectativa de vida e renda alta, tendam a ser bons lugares para se viver.

O levantamento é feito pela ONU a cada dez anos, com base nos dados do Censo, do IBGE, e registra a situação de todos os municípios brasileiros.