Câmara entrega Comenda do Mérito Jurídico ao Dr. Sérgio Murilo Diniz Braga

Na próxima quinta-feira (15), às 17h, no Plenário da Câmara de Vereadores de Varginha, será entregue a Comenda do Mérito Jurídico Dr. Naylor Salles Gontijo ao presidente da Caixa de Assistência dos Advogados de Minas Gerais – CAA/MG, Dr. Sérgio Murilo Diniz Braga.

A homenagem, proposta pelo presidente da Casa, vereador Rômulo Azevedo Ribeiro, vem reconhecer os relevantes serviços prestados pelo Dr. Sérgio Murilo na área jurídica no âmbito municipal, em especial a toda classe de advogados da cidade de Varginha.

Comenda

A denominação da Comenda, instituída neste ano pela Câmara de Vereadores, é uma homenagem à parte ao Dr. Naylor Salles Gontijo que tanto contribuiu para o desenvolvimento do Município.

Nascido em Varginha no ano de 1931, Dr. Naylor foi notório advogado e operador do direito e catedrático professor. Fundou o Colégio Catanduvas, a primeira escola de ensino fundamental púbica e gratuita de Varginha, a Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais do Sul de Minas - FACISA, a Faculdade de Ciências Contábeis - FACECA e veio a ser um dos fundadores da Faculdade de Direito de Varginha - FADIVA.

Foi professor de Direito do Trabalho e Filosofia do Direito por quase 40 anos, publicou cinco livros, sendo que o seu Introdução ao Estudo do Direito editado pela Forense teve três edições esgotadas (1969/70/71). Com dedicação incondicional aos alunos, por todos os anos que deu aula, foi patrono ou paraninfo de todas as suas turmas, tendo efetivamente marcado a vida de muitos bacharéis, como é vastamente testemunhado. Seu trabalho sempre foi ligado às artes, sendo verdadeiro entusiasta e até mecenas de poetas, escritores e artistas cênicos do Sul de Minas. Usava da arte em suas aulas e textos, além de ter escrito contos, poesias e peças de teatro. Dirigiu várias montagens de teatro infantil na cidade de Varginha e serviu como advogado à proteção do patrimônio barroco setecentista mineiro, inclusive encontrando peças barrocas preciosas para o Museu Paulista de Arte Barroca.

Dr. Naylor falava de Deus sem pregar, no meio de assuntos das matérias de direito. Ele pagava bolsas aos alunos e não falava nada. Recebia todos de braços abertos e advogava gratuitamente para todos que precisavam e que não tinham recursos.

O professor e Dr. Naylor Gontijo lecionou até o dia de sua morte, aos 03 de março de 2003, na cidade de Varginha. Sua memória, entretanto, conserva-se viva como exemplo de postura ética, solidária e compromissada com a educação e com os desprivilegiados, portanto a Câmara de Vereadores faz jus a essa grande personalidade jurídica denominando a Comenda do Mérito Jurídico de Dr. Naylor Salles Gontijo.