Mudanças Climáticas será tema de “Reality” entre a Amazônia e os Andes

Inspirado em estudos do cientista Antonio Nobre(INPE), o “Reality 
Nascentes da Crise”  abordará experiências vivenciadas 
em viagem entre o Acre e o Peru. A região onde a umidade amazônica 
que irriga o centro-oeste e sudeste do Brasil “faz a curva”.


Entre os dias 12 e 30 de outubro, a Amazônia brasileira e peruana, além da Cordilheira dos Andes serão o cenário de uma experiência inédita. Com o intuito de informar, desmistificar e de ilustrar por meio fotos, videos e pequenas reportagens, o autor de “Reality” e de guias de viagens Diego Gazola percorrerá essa região. Ele irá compartilhar e interagir, ao vivo por meio das mídias sociais, as suas vivencias em uma expedição entre Rio Branco, capital do Acre e Cusco no Peru.

O “Reality” será veiculado no www.NascentesdaCrise.com.br . “O projeto, sem caráter científico, tem como foco vivenciar in loco a localização onde a umidade vinda da floresta amazônica muda de direção. Assim, ali, buscar elementos que permitam narrar histórias que associem as experiências com o desmatamento da Amazônia, as mudanças climáticas, e, possivelmente, à crise da água no centro-oeste e sudeste do Brasil”, revela Gazola.

Segundo o viajante, o trajeto que será percorrido é o único que permite experienciar a transição entre a Amazônia e a Cordilheira dos Andes através de estradas asfaltadas, a partir do Brasil. É nessa região que, segundo o Relatório “O Futuro Climático da Amazônia” de Antonio Nobre, os rios aéreos de vapor vindos da grande Floresta fazem uma curva, e seguem no sentido sudeste do Brasil, principalmente no verão. Gazola aborda que o tema da água demanda um pensamento sistêmico: “No início de 2014 houve a maior cheia do rio Madeira no Acre, enquanto isto, no mesmo período, vivenciávamos a grave crise de acesso à água no Sudeste do Brasil”, pontua.

Cusco, localizada a 3.400m de altitude, será a cidade-base para a exploração dos diversos caminhos que conectam a Cordilheira dos Andes às franjas da Amazônia peruana. Um dos destaques do roteiro é a estrada que leva ao vilarejo de Santa Maria, nos arredores de Machu Picchu. A “Cidade Perdida dos Incas” está sincronicamente localizada na transição entre os altiplanos andinos peruanos e a maior floresta tropical do Planeta.

“Reality Nascentes da Crise” é uma realização da Muda de Ideia, e conta com o apoio de divulgação e conteúdo da Envolverde, Página 22, Plurale, Engajamundo, AcreaoVivo.com, Conexão Planeta e coletivo Permacultores Urbanos.

O relatório de Avaliação Científica “O Futuro Climático da Amazônia” está disponível em PDF nos idiomas: português, inglês e espanhol: http://goo.gl/CPXuzT

Assista ao video de divulgação do “Reality Nascentes da Crise”:  https://youtu.be/4aPN78qQBog

Sobre o viajante Diego Gazola

Durante os últimos 13 anos, Diego Gazola viajou para todos os Estados brasileiros realizando pesquisas de conteúdo para publicações da editora Empresa das Artes e para a Muda de Ideia.

Em 2014 foi apresentador do reality “Expedición RCN Brasil 2014” para a rede de TV colombiana RCN Televisión. Durante essa expedição, que seguiu de Bogotá até o Rio de Janeiro, teve a oportunidade de compartilhar as diversas curiosidades deste roteiro de quase dez mil quilômetros rumo à Copa do Mundo, passando pelo Peru e Acre. Assista ao video: https://youtu.be/7k2pHpUSFDA

Já em 2015 desenvolveu o reality “VamosparaParintins.com.br”, compartilhando experiências durante uma viagem à Ilha Tupinambarana, localizada no meio do rio Amazonas, durante o Festival Folclórico de Parintins. Assista ao vídeo: https://youtu.be/AHVwGUeDkyg

Participou das Conferências das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas: na Dinamarca(COP15), no México(COP16) e África do Sul(COP17). E seu intuito, é levar e compartilhar o resultado do “Reality Nascentes da Crise” na COP21 - que será realizada na França em dezembro de 2015.