Bingo, caminhada e palestra: ações marcam o “Novembro Azul”

Só neste ano, mais de 250 casos de câncer de 
próstata foram confirmados em Varginha; 
números reforçam necessidade de exames 
para a prevenção e cura da doença


Na sequência do Outubro Rosa, mês de conscientização da prevenção ao câncer de mama, o Novembro Azul terá campanhas de orientação visando despertar nos homens a importância do exame de toque, juntamente com o de sangue, contra o câncer de próstata (glândula do sistema reprodutor que armazena líquidos; está localizada abaixo da bexiga).

Bingo
Em Varginha, o Grupo de Humanização do Hospital Bom Pastor – que tem em anexo o Centro Regional de Oncologia -  está engajado nas diversas atividades que serão desenvolvidas neste mês. Nesta quinta-feira, 12, a partir das 9h30, a Associação de Voluntários Novos Ventos (composta por funcionários da Fundação Hospitalar do Município de Varginha – FHOMUV e também por voluntários da comunidade) vai promover bingo, no Lions Clube (que fica perto do Hospital Bom Pastor). Na parte da manhã serão sorteados brindes diversos como cosméticos, utensílios para casa e roupas sendo que as cartelas vão custar R$ 2,00. Já à tarde, com as cartelas a R$ 5,00, os brindes serão liquidificador, cafeteira, ventilador e faqueiro. Os interessados podem adquirir as cartelas na hora, de acordo com a secretária da Novos Ventos, Mila Fernandes Ciacci Lopes. Ela explica que a renda será em prol da Associação que tem como foco minimizar a hospitalização. “Os valores arrecadados pela Associação em todas as suas atividades, é revertido na compra e manutenção de equipamentos, mobiliário e utensílios, para proporcionar melhor qualidade no atendimento e conforto aos pacientes em tratamento no Hospital Bom Pastor, como por exemplo: cadeiras de banho e de rodas, carrinhos de transporte, balcão térmico, ar-condicionado, poltronas, televisores, aparelhos, e materiais de apoio a grupos terapêuticos” , conta.

Caminhada
No sábado, 14, às 8h, vai ter uma caminhada saindo da Academia Total Fitness, na Avenida Princesa do Sul, 2007, passando pela Praça do ET, descendo a Avenida Rio Branco até à Matriz do Divino Espírito Santo e chegando à Concha Acústica. “O Grupo Unis vai participar com aferição de pressão arterial e glicemia; terá apresentação de jazz, aula de zumba; o Ministério da Saúde vai fazer panfletagem sobre o câncer de próstata e também sobre o câncer de mama e teremos ainda a participação do cantor e compositor varginhense Tom Fernandes”, adianta o personal trainner e gerente comercial da Total Fitness, Alfredo Marcos de Oliveira Toledo. Ele conta que é o segundo ano consecutivo que a Academia adere a essas duas campanhas e agradece o apoio do prefeito Antônio Silva. “Estive pessoalmente com ele que garantiu o apoio da Prefeitura e elogiou muito a iniciativa dessas campanhas de saúde”, diz Alfredo.

Números
Essas mobilizações tentam levar as pessoas a diagnosticar o quanto antes os casos desses tipos de câncer. Regina Siqueira, do Departamento de Oncologia, revela os números registrados de câncer de próstata em Varginha nos últimos anos:
- 2013 foram registrados 269 casos de câncer de próstata;
- 2014 foram registrados 314 casos de câncer de próstata;
- 2015 (até 09/11) já foram registrados 252 casos de câncer de próstata

Palestra
Quem tiver dúvidas e quiser esclarecimentos sobre o câncer de próstata pode participar de uma palestra que será proferida por um urologista, na terça-feira, 17, às 13h30, na recepção do Centro de Oncologia.

Sobre o câncer de próstata

Próstata é uma glândula do sistema reprodutor masculino, que produz e armazena parte do fluido seminal. Câncer de próstata é o tumor mais comum em homens acima de 50 anos. Os fatores de risco incluem idade avançada (acima de 50 anos), histórico familiar da doença, fatores hormonais e ambientais e certos hábitos alimentares (dieta rica em gorduras e pobre em verduras, vegetais e frutas), sedentarismo e excesso de peso.
Os negros constituem um grupo de maior risco para desenvolver a doença.

Sintomas
A maioria dos cânceres de próstata cresce lentamente e não causa sintomas. Tumores em estágio mais avançado podem ocasionar dificuldade para urinar, sensação de não conseguir esvaziar completamente a bexiga e hematúria (presença de sangue na urina).
Dor óssea, principalmente na região das costas, devido à presença de metástases, é sinal de que a doença evoluiu para um grau de maior gravidade.

Diagnóstico
O câncer de próstata pode ser diagnosticado por meio de exame físico (toque retal) e laboratorial (dosagem do PSA). Caso sejam constatados aumento da glândula ou PSA alterado, deve ser realizada uma biópsia para averiguar a presença de um tumor e se ele é maligno. Se for, o paciente precisa ser submetido a outros exames laboratoriais para se determinar seu tamanho e a presença ou não de metástases.

Tratamento
O tratamento depende do tamanho e da classificação do tumor, assim como da idade do paciente e pode incluir prostatectomia radical (remoção cirúrgica da próstata), radioterapia, hormonoterapia e uso de medicamentos. Para os pacientes idosos com tumor de evolução lenta o acompanhamento clínico menos invasivo é uma opção que deve ser considerada.

Recomendações
* Homens sem risco maior de desenvolver câncer de próstata devem começar a fazer os exames preventivos aos 50 anos;
* Descendentes de negros ou homens com parentes de primeiro grau portadores de câncer de próstata antes dos 65 anos apresentam risco mais elevado de desenvolver a doença; portanto, devem começar a fazer os exames aos 45 anos;
* Pessoas com familiares portadores de câncer de próstata diagnosticado antes dos 65 anos apresentam risco muito alto de desenvolver a doença; por isso, devem começar o acompanhamento médico e laboratorial aos 40 anos;
* Homens com níveis de PSA abaixo de 2,5 ng/mL devem repetir o exame a cada 2 anos; já aqueles com PSA acima desse valor devem fazer o exame anualmente;
* Resultados de PSA e toque retal alterados são relativamente comuns, mas podem gerar muita angústia, apesar de não serem suficientes para estabelecer o diagnóstico de câncer de próstata; para confirmá-lo é indispensável dar prosseguimento a uma avaliação médica detalhada e criteriosa;
* Optar por uma alimentação balanceada e praticar exercícios físicos regularmente são recomendações importantes para prevenir a doença. (site http://drauziovarella.com.br/cancer/cancer-de-prostata/)