CDCA é selecionado com dois projetos para a final do Prêmio Assis Chateaubriand


A prefeitura de Varginha, através do CDCA - Centro de Desenvolvimento da Criança e do Adolescente, está entre os 20  projetos selecionados para 12º Prêmio Assis Chateaubriand de Responsabilidade Social. Destes 10  receberão o troféu pela alta relevância social, em solenidade que durante o 7º Fórum de Regional de Responsabilidade Social.

O CDCA participou com dois projetos,  “Oficina de Artesanato e Marcenaria” e o Projeto “Teatro Jovem”.  A “Oficina de Artesanato e Marcenaria do CDCA” visa proporcionar conhecimento e desenvolvimento de habilidades artesãs, com materiais que são transformados em verdadeiras obras de arte, para adolescentes de 14 a 18 anos incompletos, que se encontram em estado de risco e/ou vulnerabilidade social, promovendo a qualificação profissional dos jovens, numa perspectiva de formação cidadã. As oficinas acontecem de segunda à sexta-feira com grupos nos turnos matutino e vespertino, em contra turno ao turno da escola regular, onde eles aprendem a confeccionar artigos relacionados às referidas oficinas que são expostos em feiras e doados a creches e escolas municipais.

Com capacidade para 24 adolescentes, eles recebem uniforme, duas refeições ao dia e uma bolsa auxílio mensal de meio salário mínimo vigente. O acompanhamento diário é realizado por instrutores que contam com o apoio pedagógico e social da Coordenação e Assistente Social da instituição. Os adolescentes permanecem vinculados ao projeto até completarem a maioridade, onde em muitos casos, são encaminhados para o Programa Jovem Aprendiz e/ou recomendados a empresas do município.

Já o projeto “Grupo Teatro Jovem – CDCA” atua no campo do teatro enfatizando educação e cultura e, através do desenvolvimento de formas artísticas de expressão, propõe-se a ampliar horizontes de possibilidades de trabalho para jovens e adolescentes no ramo das artes. O público alvo do projeto é de alunos entre 14 a 18 anos incompletos, vinculados ao CDCA, regularmente matriculados no ensino regular, que se encontram em estado de risco e/ou vulnerabilidade social. O projeto promove encontro de ideias e proporciona ampliação das características pessoais, criativas e artísticas, criando práticas de cooperação sociabilização, além da confecção do cenário em conjunto com a Oficina de Marcenaria e Artesanato da instituição, critérios estes, certamente necessários ao aprimoramento pessoal que independerá do ramo profissional que o aluno poderá optar.


Os eventos são realizados anualmente pelo Núcleo de Estudos Universitários de Responsabilidade Social (Netsu) do curso de Administração do campus de Alfenas, UNIFENAS e TV Alterosa e contam com a participação de empresas públicas e privadas, instituições do Terceiro (associações e fundações, Organizações Não Governamentais e Organizações da Sociedade Civil de interesse público – OSCIPs com projetos sociais em andamento, em qualquer cidade da região sul e sudoeste de Minas Gerais).

Dos trabalhos enviados (nas áreas de Educação, Esporte e Cultura, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Saúde e Segurança Pública) 25 serão pré-selecionados por uma comissão interdisciplinar. Os 20 projetos selecionados serão apresentados pela TV Alterosa, além da apresentação visual no 12º Prêmio Assis Chateaubriand de Responsabilidade Social e 7º Fórum de Regional de Responsabilidade Social. Dos 20 projetos, 10 receberão o troféu pela alta relevância social.

De acordo com coordenadora do Netsu, professora Sandra de Souza Alves, a divulgação dos projetos na TV Alterosa fomenta a visibilidade dos projetos participantes, pois, através das matérias formatadas in loco pela emissora, várias pessoas e empresas têm a oportunidade de conhecer o que está sendo feito para a promoção social em suas cidades. “Muitos projetos finalistas que já participaram dos eventos constataram que esta ação contribuiu para o aumento da captação de recursos humanos e financeiros”.