Chuvas fazem aumentar focos de dengue em Varginha

As chuvas dos últimos dias fizeram com que quatro bairros em Varginha entrassem em estado de alerta pela dengue. De acordo com a Fundação Pró-Café, a previsão inicial era de que chovesse 177 mm no mês de novembro todo, mas até agora já choveu 304 milímetros na cidade. Com isso, aumentaram os focos de dengue em Varginha.

Segundo um levantamento feito pela Vigilância Epidemiológica do município, os bairros Três Bicas, Mont Serrat, Corcetti e Santana estão sob risco de infestação da doença. "Com o início das chuvas e aumento da temperatura, toda a população da cidade tem que estar alerta, mas nesses bairros têm sido encontrados muitos focos do mosquito pelos nossos agentes", explica o chefe do departamento de epidemiologia, José Donizete da Silva.

Entre as ações que a prefeitura tem feito para diminuir o número de casos, segundo Silva, está a notificação de terrenos baldios, autuação dos proprietários que não acatam a notificação e mutirão de limpeza para eliminar possíveis focos

Um dos problemas da prefeitura para enfrentar a dengue tem sido a falta de larvicida no município. "A situação tende a piorar, porque nossos estoques estão praticamente zerados, estamos trabalhando com pouco larvicida. A gente pede pra população que elimine os focos, porque o mínimo que a gente tem de inseticida não dá pra chegar até o final do ano", finaliza Silva.

Entre as três maiores cidades da região, Varginha é a que registra o maior número de casos confirmados de dengue este ano, com 807. Em Poços de Caldas, o nível de infestação é considerado baixo, com 139 casos confirmados. Já Pouso Alegre também está em estado de alerta, com 625 confirmações.