Dr Armando propõe distribuição de cartilha: “Tolerância Zero” nas escolas de Varginha

Após tomar conhecimento do que foi feito pelo corregedor municipal de Montes Claros/MG, Geraldo Antônio Dias Guimarães, que idealizou uma cartilha didática de conteúdo moral e cívico, inspirada em uma versão europeia, o vereador Armando Fortunato encaminhou ao Executivo Municipal uma indicação para que sejam estudadas as providências necessárias para a criação de um projeto semelhante com o objetivo de conscientizar a juventude varginhense de forma simples, com exemplos de situações corriqueiras que mostrem desvios de conduta no dia a dia do cidadão que precisam ser evitados em nome de uma sociedade mais justa.

“No passado, aprendíamos sobre os valores civis, éticos e morais nas aulas de educação moral e cívica. A corrupção nada mais é do que a deterioração do comportamento desses valores. Muitas vezes, ela começa em atos simples, dentro da cultura do ‘jeitinho’ e de ‘levar vantagem em tudo’. Mais tarde, corrói a pessoa. Ela deteriora o convívio social. Qualquer ato que leva a pessoa a obter vantagem em detrimento de alguém é um ato de corrupção”, explica o vereador.

Ainda segundo Armando Fortunato, a cartilha funcionará como uma ferramenta para a formação de cidadãos mais conscientes a respeito do que é certo e errado na sociedade, mas principalmente na Administração Pública.  O projeto objetiva combater a corrupção em suas origens, levando estas cartilhas para as escolas do município, onde o tema será debatido em sala de aula desde o ensino básico.