Varginha comemora Dia Municipal da Consciência Negra pela primeira vez

Data foi aprovada na Câmara de Vereadores e prevê 
a realização de atividades e ponto facultativo.


Neste ano de 2015, Varginha se junta, pela primeira vez, às cerca de mil cidades brasileiras que comemoram o Dia da Consciência Negra. A data está sendo oficialmente celebrada graças à Lei que criou o Dia Municipal da Consciência Negra, de autoria do vereador Adilson de Oliveira B.Boy Pé de Chumbo e aprovada por unanimidade pelos demais vereadores.

O Projeto de Lei foi apresentado em julho de 2014 e a Lei foi promulgado pela Câmara em outubro deste ano.  O texto da Lei prevê que a data seja incluída no calendário oficial de eventos do Município e comemorada nas unidades da rede municipal de ensino público, com atividades destinadas a resgatar a importância social, histórica e cultural do negro na formação do Brasil contemporâneo.

A Lei também estabelece que a Administração Pública Municipal, através da Fundação Cultural do Município de Varginha, prestará colaboração às entidades do Movimento Negro envolvidas na organização das atividades que constem do programa de comemorações do Dia da Consciência Negra do Município.

Foi instituído ponto facultativo e as repartições públicas municipais não funcionarão nesta sexta (20). No Dia da Consciência Negra é celebrada a data do Aniversário da Morte de Zumbi dos Palmares, um dos principais símbolos da resistência negra à escravidão.

Nesta quinta-feira, o presidente da Câmara, vereador Rômulo Azevedo Ribeiro e o vereador Adilson de Oliveira B.Boy Pé de Chumbo receberam os estudantes Victor e compartilhou com eles a alegria de estar vivendo este momento histórico de valorização do negro no Brasil e, principalmente, dos negros que contribuem com o progresso de Varginha.

Na foto, os vereadores Adilson de Oliveira B.Boy Pé de Chumbo e
Rômulo Azevedo Ribeiro, acompanhados dos estudantes, Victor e Marília.