Suspeitos de fraudar cheques são detidos pela Polícia Federal em Varginha e Três Pontas


Suspeitos de integrarem uma quadrilha que fraudava documentos e cheques foram detidos na manhã desta quinta-feira (3) em Varginha e Três Pontas durante a Operação "Dick" da Polícia Federal. Segundo o órgão, 15 mandados judiciais são cumpridos nesta manhã, e ao menos sete pessoas devem ser detidas pela polícia.

De acordo com informações iniciais da polícia, as vítimas entregavam mercadorias, veículos e outros bens aos suspeitos, que eram pagos com cheques. Posteriormente, esse material era revendido por valores abaixo do mercado.

Para isso, eles utilizavam cheques de várias instituições bancárias confeccionados a partir de documentos falsos. O grupo atuaria há pelo menos cinco anos na região.

Os suspeitos são investigados pelos crimes de associação criminosa, estelionato e uso de documento falso. Se condenados, eles podem cumprir até 13 anos de prisão.

Das prisões realizadas, uma é preventiva e outras seis são temporárias de cinco dias. Além disso, uma pessoa também foi encaminhada para a Delegacia da PF de Varginha para ser ouvida. Ao menos sete mandados de busca e apreensão estão em cumprimento.

Esquema de trapaças
De acordo com a polícia, a operação foi batizada de "Dick" em referência ao personagem "Dick Vigarista", que no desenho animado "Corrida Maluca" costumava trapacear para tentar vencer os adversários.