R$ 1,5 milhão para Hospital Regional para manutenção dos leitos de CTI

Prefeito Antônio Silva encaminha para Câmara Projeto de Lei 
que concede subvenção de R$ 1,5 milhão para 
Hospital Regional para manutenção dos leitos de CTI.


A Prefeitura de Varginha encaminhou à Câmara Municipal, nesta quarta-feira, 24, Projeto de Lei que autoriza o Poder Executivo a conceder subvenção Social ao Hospital Regional do Sul de Minas, no valor de R$ 1.500.000,00, para auxiliar na manutenção dos leitos de CTI Adultos daquela instituição.

“O Hospital Regional colocou em funcionamento recentemente, mais 10 leitos de CTI Adulto, com vistas a desafogar a UPA e ampliar o atendimento a toda a comunidade de Varginha e região que necessitem de cuidados especializados. Todavia, tal iniciativa onerou sobremaneira os custos operacionais dauqela instituição, o que torna o presente auxílio financeiro condição essencial à manutenção de mais esse importante serviço”, justificou o Prefeito Antônio Silva.

O Hospital Regional do Sul de Minas é uma entidade hospitalar reconhecida nacionalmente e que está em pleno funcionamento há várias décadas, atendendo com eficiência e alto padrão de qualidade a crescente demanda hospitalar da população, sendo certo que o mesmo é parte integrante da rede municipal de saúde, prestando relevantes serviços para a sociedade com atividades como Raio-X, Casa da Gestante, Alto Risco, Coordenação da UTI-Neonatal, parceria com a UPA no serviço de lavanderia, plantões neurológicos, internações e outros, além de receber praticamente pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).

“Por esses motivos, necessita de recursos financeiros do Município para colaborar com a sua manutenção e operacionalização, sendo certo que a não transferência dos mesmos, na forma do que trata o presente Projeto de Lei, por certo inviabilizará o funcionamento regular daquela instituição, que inclusive não disporá de recursos para pagamento da folha de salários de seus funcionários”, complementou o prefeito.

Finalizando, Antônio Silva ressalta que a preocupação da Administração com o funcionamento do Hospital é compartilhada com o Ministério Público Estadual, que enviou Recomendação no sentido de que a Administração não deixe de continuar a prestar ajuda financeira ao referido Hospital, como feito nos anos anteriores de atual Gestão.

“Confiamos no bom-senso do Legislativo e da impessoalidade de cada um de seus Vereadores, e aguardamos a aprovação do projeto, dada a sua importância para nossa cidade e região”.