“Não ficou boa não, ficou ótima”, dizem pais a respeito da inauguração do CEMEI Ariadna


Os pais de um aluno de 4 anos prestigiaram, assim como dezenas de representantes da comunidade, a inauguração do Centro de Educação Infantil (CEMEI) Ariadna Balbino Gambogi, no bairro Corcetti, na manhã desta terça-feira (15). O casal Cíntia e Clenilson Henrique do Salto, moradores do Residencial Alto Pinheiros, foi à inauguração e declarou que a escola “não ficou boa não, ficou ótima”. A diretora Sandra de Lourdes Ferreira Maritan lembrou que a inauguração desta unidade era uma reivindicação de muito tempo. “Temos que reconhecer que fomos contemplados ao receber tamanha atenção da administração do prefeito Antônio Silva”, declarou Sandra.

O CEMEI teve que ser praticamente interditado devido a problemas estruturais que não permitiram a inauguração até então. Nesse período, alunos e a equipe pedagógica foram abrigados no CEMEI Célia Campos, no Parque Rinald. Agora, totalmente reformada e adaptada, a escola reabriu as portas nesse início de ano letivo. “Os investimentos na Educação não param, a exemplo da recente aquisição de 30 mil publicações; são livros com sons de animais, cheirinho, clássicos, para todas as escolas, além de computadores especiais para crianças também especiais, que através de programas acompanham histórias em libras, jogos de alfabetização e outros aprendizados alfabetizadores”, revelou a secretária municipal de Educação, Rosana Aparecida Carvalho.

Somado a toda essa estrutura, o imóvel teve total aprovação da comunidade. O prédio conta ainda com uma plataforma de acessibilidade - uma espécie de elevador, para o atendimento dos alunos com deficiência matriculados na unidade. A secretária explicou que as demais escolas da rede municipal de ensino já possuem acessibilidade, como rampas e banheiros adaptados. Rosilda Maria Duarte deixou todos os compromissos de lado e foi à inauguração da escola onde estuda a sobrinha. “Ficou muito bonita”, diz, orgulhosa, ao presenciar a apresentação do Hino Nacional e de um música com coreografia pelos alunos.

Investimentos na Educação

Essa é a 17ª obra de reforma, ampliação ou inauguração de escolas da Prefeitura, nessa Administração, nos últimos três anos, tendo ainda concluídas a instalação do Centro de Formação Tecnológica e melhorias na Escola Municipal Melo Viana. “Em nossas escolas estão o que temos de mais precioso, que são nossas crianças, por isso, merecem locais especiais”, ressaltou o prefeito Antônio Silva. Ainda em seu pronunciamento, lembrou que ao assumir a Prefeitura, a meta era e continua sendo ambiciosa: tornar a educação de Varginha referência nacional. “Estamos trabalhando diariamente para isso, valorizando nossos educadores e professores, investindo em reformas, melhorias e construções e ainda temos a grandeza de contar com uma equipe maravilhosa que tem o comprometimento com a sociedade”, enalteceu o prefeito. Ele concluiu agradecendo aos pais que "acreditam na educação oferecida pela Prefeitura, a Deus pelas graças alcançadas, e a toda a população de Varginha, pois nesse Dia Nacional da Escola, temos o que comemorar em nossas escolas”.

Presenças

Entre as autoridades estiveram presentes os representantes do Executivo: o prefeito Antônio Silva; a secretária municipal de Educação, Rosana Aparecida Carvalho; o secretário municipal de Governo, Carlos Honório Ottoni Júnior; o secretário municipal de Meio Ambiente, Joadylson Barra Ferreira; o diretor superintendente da Fundação Cultural, professor Francisco Graça de Moura; o comandante da Guarda Civil Municipal, Gerson Alves da Trindade; e, representando a Secretaria Municipal de Turismo, Eduardo Benedito Ottoni Filho.

Professora Ariadna Balbino Gambogi

Nascida em Elói Mendes em 22 de julho de 1959, mudou-se para Varginha ainda na adolescência para estudar no Colégio dos Santos Anjos, e aqui se estabeleceu definitivamente após seu casamento, em 1978, do qual nasceram três filhos: Aline, Marianne e Daniel. Formou-se em Secretariado, e posteriormente em Magistério e Pedagogia. Iniciou sua carreira na Prefeitura Municipal de Varginha em 1994, lecionando Filosofia e Sociologia da Educação na E.M. José Camilo Tavares, e também no ensino fundamental, tendo letrado muitos alunos com sua arte e imaginação criativa. Exerceu o cargo de Chefe de Serviço Informal de Educação na SEDUC, e Chefe de Promoção Social na SEHAD, onde idealizou um pioneiro Projeto de Atendimento aos Adolescentes Infratores (PAAI). Faleceu em 25 de julho de 2002 com apenas 43 anos, deixando para todos os seus familiares, amigos, colegas de profissão e alunos um legado de trabalho, luta pelos ideais, dedicação e amor.