Escola Municipal Domingos Ribeiro de Rezende, promove palestra motivacional e educação para o consumo


A Escola Municipal Domingos Ribeiro de Rezende / EJA/ CESU desenvolve o Projeto “Resgatando Valores”, aplicado no período noturno para alunos jovens e adultos, com a finalidade de promover a construção de uma cidadania sadia, crítica e comparativa. O Projeto também visa tornar o aluno, em especial os que estavam afastados dos estudos há muitos anos, participativo e capacita-lo como cidadão frente aos direitos e deveres, além de respeito perante os semelhantes na sociedade atual. Dentro das prioridades está o resgate dos valores morais e culturais, começando pela relação família, comunidade e escola.

Entre as várias dinâmicas, a Escola que tem muitos alunos de terceira idade, contou com a presença do Professor e Advogado Carlos Cornwall. Ele ministrou palestra motivacional com ênfase sobre como lidar com medos, enfrentamento de desafios nas corporações e entidades, planejamento e busca de ajuda, procedimentos para obter um bom “networking”. Cornwall também teceu dicas para valorizar o conhecimento, a auto-estima e possuir pensamentos positivos.

Ainda como destaque do Projeto, o Professor Cornwall, ministrou Curso de Educação para o Consumo quando abordou a importância de despertar nas crianças a alegria do brincar e não perder esse foco nas fases de adolescente e adulto, além da solidariedade e respeito com o bem comum e o meio ambiente.

Ao final foram feitos exercícios variados sobre Direitos Básicos dos Consumidores. O professor afirmou que o aproveitamento dos estudantes foi excelente. “Os alunos receberam certificados de participação como forma de valorização do empenho e trabalho”, citou. Segundo a diretora Maria Cecília Coli, “o trabalho é o reflexo do compromisso e do dever da escola de ensinar, agir e levar os alunos a refletirem sobre temas fundamentados nos princípios da democracia, da ética, da responsabilidade social, do interesse coletivo e da própria condição humana”. A aluna Ângela Carloto, que voltou a estudar depois de 23 anos, elogiou a iniciativa da Escola Municipal. “Aprender e se conscientizar sobre consumo, além de descobrir novos caminhos da cidadania, ajudam a melhorar a visão dos novos tempos”, afirmou. A estudante declarou aprovar que a tradicional Escola, promova mais momentos como esse.