Parceria Mais Cultura e Escola Municipal Emilio Justiniano de Resende Silva

Encerramento do projeto “Teatro na Escola” será marcado por encenação

 
O encerrando do Projeto Teatro na Escola será nesta quinta-feira, 8, na Escola Municipal Emílio Justiniano de Resende Silva, na Fazenda dos Tachos, município de Varginha. Haverá apresentação de uma peça teatral que mistura conceitos de sustentabilidade, meio ambiente e folclore. A encenação contará com uma das professoras de teatro, Rachel Mitidiere e alunos que participaram do projeto, com idade de 6 a 15 anos. A apresentação também fará parte da programação de encerramento do ano letivo.

História
Em 2013, através do programa MAIS CULTURA NAS ESCOLAS, do governo federal, a idealizadora do Projeto TEATRO NA ESCOLA, Karina de Cassia Silva, junto com a direção da Escola Municipal Emilio Justiniano de Resende Silva, inicialmente sob a direção de Maria Lucília Rodrigues Vicente e com continuidade da diretora Marli Aparecida Braga Gonçalves Silva, idealizaram as ações. O projeto teve início no ano de 2014 quando passou a oferece aos alunos da escola do campo, que estudam em período integral, oficinas de teatro. Karina explica que um dos objetivos é de possibilitar aos alunos e a comunidade o acesso aos processos criativos e construtivos e aos conceitos da arte na sociedade, na descoberta de novas habilidades, autonomia e liberdade de expressão, para ajudar no desenvolvimento das habilidades psicológicas, intelectuais, físicas, corporais e culturais. “As oficinas seguem os temas abordados no Projeto de Tempo Integral da Escola que é a sustentabilidade preparando nosso aluno para viver e conviver harmoniosamente, respeitando a natureza e o espaço em que vive”, afirma.

Resumo da apresentação: “Uma professora leva os alunos em uma excursão pela floresta para conhecer mais sobre vegetação. Durante o passeio eles escutam barulhos e mesmo assustados, querem descobrir de onde vinham e quem fazia os sons. Eles mal sabiam que iam iniciar uma aventura. Será que aqueles barulhos eram de personagens do folclore defendendo a mata?”